Investimento para quê? Sua startup precisa de comunicação, clientes, receita e tempo.

Dedique tempo para “construir uma startup que as pessoas querem usar” para resolver um problema que elas tem e você terá sucesso no dia 1 da sua jornada. By Paul Graham, Co-founder e former CEO do YC.

 

Startup-growth-fundrasing

 

Muitos aspirantes a empreendedor “investem” tempo lendo relatórios sobre investimentos em startups, envolvem-se na hype das notícias de empreendedorismo e acreditam que levantar investimento é uma medida de sucesso no mundo do empreendedorismo. Wake-up! Se o jornalista escrever notícias que não geram audiência, ele está na rua. O jornalista além de comunicar, precisa dá audiência, tempo de permanência no site e vender media-kit para os anunciantes do veículo. Entendeu? Esse é o modelo de negócio da mídia em geral.

 

Se você é aspirante a empreendedor ou empreendedor executando uma startup, segue uma dica muito simples. Pare de correr atrás do seu primeiro investidor anjo ou investidor semente.

 

Os investidores anjo e investidores semente da sua indústria encontrarão sua startup se você comunicar a sua mensagem corretamente para seus usuários e clientes. Isso mesmo. De acordo com o Y Combinator, a maior dificuldade dos empreendedores apaixonados por suas idéias e tecnologias, é  comunicar o que fazem de forma simples para os seus usuários e potenciais investidores. Isso mesmo. Comunicação!

 

Se os seus potenciais clientes não entendem o que a sua startup faz, você terá dificuldade para “vender o seu peixe“. Eu disse vender o peixe. Eu não disse vender o seu produto ou serviço. Pare de pensar em receita antes das pessoas entendem o que você faz. Vender o peixe, significa que as pessoas entendem a sua proposta de valor de forma simples e conseguem transmitir adiante, compartilhar com as redes de relacionamento e até virarem clientes da sua startup quando o seu produto ou serviço for lançado.

 

Se você resolve um problema e comunica a sua proposta de valor de forma adequada, você terá um futuro brilhante pela frente. Você terá pouca ou nenhuma dificuldade para obter usuários e clientes. Financiar o seu negócio com a receita gerada por clientes será muito mais fácil e mais rápido que convencer investidores anjo ou investidores semente a investir de forma justa na sua startup. Além disso, qualquer investidor profissional investirá na sua startup o mais rápido possível se você mostrar tração em um mercado com grande potencial de crescimento. Esse é o emprego do investidor. Investir rápido em oportunidades com grande potencial de crescimento e saída. A pressão está do lado do investidor.

 

Problema, solução, funil de conversão, usuários, clientes, ciclo de vendas, entrega e cash-flow abrem muitas portas. Com esses componentes na mão, até investidores mais conservadores como bancos e grupos empresariais investirão na sua startup, em condições muito superiores que os investidores de capital de risco.

 

Em resumo, pare de dedicar tempo lendo as notícias sobre investimentos de startups consolidadas, desenvolva a mensagem sobre sua startup, entenda o problema, apresente a solução da sua startup de forma clara, comunique para adquirir usuários e converta-os rapidamente para clientes. Capture a receita para financiar a sua empresa e entregue a sua proposta de valor de forma rentável. Fazer tudo isso exigirá muito estudo e dedicação, sem a pressão dos investidores.

 

Com o roteiro acima, os investidores anjo e investidores semente encontrarão a sua startup, entenderão o problema, a sua solução, avaliarão o tamanho do mercado, potenciais cenários de crescimento, cenários de saída do capital investido em função do tempo e o potencial de retorno. O melhor de tudo nesse cenário é que os investidores oferecerão as melhores condições para você. Afinal, eles sabem algo que provavelmente você não sabe, e eles ajudarão você a chegar no resultado que eles desejam o mais rápido possível.

 

Investimento para quê? Para comprar tempo, pois você já tem a receita e o sucesso.

 

Robson Oliveira é empreendedor serial, founder e CEO da KickSIM, uma startup de tecnologia no Vale do Silício que fornece planos de voz e dados para viajantes internacionais sem os custos de roaming celular internacional. Já levantou investimento de investidores anjos, aceleradoras e fundos de investimentos.

 

A KickSIM está em fase de scale-up, comprando tempo com investidores seed, atendendo usuários do Brasil viajando para os EUA, México e Canadá.

 

Você está pensando em empreender ou conhece algum empreendedor que precisa dessa visão? Clique em um dos botões abaixo e compartilhe em suas redes sociais.

 

PS: Algumas startups exigirão investimentos iniciais devido a complexidade da indústria.
PSS: Investidores anjo e investidores semente devem investir em statups sem valuation devido ao estágio inicial do negócio.

 

Compartilhe

Deixe uma resposta